9 de mai de 2011

Paizão do Ano


Ganhei asas...



Ouvir o coração de meu filho bater forte no ultra-som me levou aos céus.

Observando nos jardins da cidade maravilhosa uma lagarta subindo em uma árvore para realizar uma das maiores transformações que a natureza e o universo são capazes de proporcionar e nos encantar.
Algo estranho, rude e vezes medonhas se transformam em algo delicado, inspirador, apaixonante e frágil. (Considero-me uma lagarta (no sentido masculino claro :-) ) onde me vejo totalmente quebrantadofragilizado... 
Porém forte e renovado.

Dia 29/04/2011, por volta das 16:35 tive uma segunda experiência que me fez perceber que não passo de uma lagarta em fase de virar a mais frágil das borboletas, a primeira experiência de tirar o chão foi quando Alê, esposa e companheira de 11 anos, me surpreendeu, embora eu já desconfiasse, da confirmação de sua gravidez.

Por mais que seja ciente, por mais que tenha noção existe algo que somente um pai de verdade é capaz de sentir que é a emoção ao pegar o resultado do exame conhecido como Beta HCG e ver que as contagens de
hormônios afirmam que a vida tem continuidade.
Naquele momento eu simplesmente fiquei sem chão pela primeira vez, foi mágico, à vontade de correr, pular, gritar (embora esteja em um hospital) de abraçar tudo e todos foi e é unica...

Mais como estava dizendo, na segunda experiência eu fui grato por ter uma cadeira confortável para sentar, quando a medica iniciou o exame, amostrou o Saco Gestacional (nome feio) e dentro dele algo semelhante a grão de feijão com o poder de uma bomba atômica brilhando rapidamente e o som... Deus...
O som do coração do eu primeiro filho batendo forte, rápido, acelerado me fez perceber e saber que naquele momento a lagarta, instantaneamente, se transformou em borboleta.

Fui arremessado ao infinito, ao vácuo, por segundos todos sumiram, a Alê em lágrimas, a medica sorrindo, a clínica... Não havia mais nada por perto, apenas eu e meu filho (ou filha que eu tanto sonho), segundo que pareciam eternos, que são eternos, que me fazem dizer...

Ganhei asas...
Ouvir o coração de meu filho bater forte no ultra-som me levou aos céus e me leva a cada segundo que eu lembro daquele momento.


Abraços
 

8 comentários:

Wagner Braga disse...

O cara que escreveu isso deve ser altamente apaixonado pelo baby que esta por chegar.
E claro, ele escreve bem e acima de tudo é modesto!
Muito show!

Renata Rossini disse...

Olá Wagner, PARABÉNS pelo post muito emocionante.
Vc me fez lembrar quando ouvi o coração dos meus filhos(02 meninos).
Parabéns a sua esposa por ter um marido sensível.
Que Deus abençõe a sua família.
Abraços, Bjs a esposa e carinho no(a) baby

Renata Rossini disse...

Oi amiga, obrigada pelas palavras de carinho, estava precisando.
Minha auau está bem melhor GRAÇAS A DEUS.
Beijos

Wagner Braga disse...

"Parabéns a sua esposa por ter um marido sensível."
Concordo plenamente!!!
É muito bom ter esse tipo de apoio, não que eu esteja em busca de fama ou algo assim, apenas é legal saber que coisas simples que se escreve de alguma forma alegra corações tão generosos em seus elogios.
Como disse...me sinto honrado!!

Danny Fernandes disse...

Parabéns(ao casal) ...as suas palalavras de emoção me deixou realmente sem palavras.


unhasdadanny.blogspot.com

Viviane Alves disse...

Muito lindo!
Amei...
bjs
www.viviass.blogspot.com

marina/marilisa disse...

É isso mesmo, esse merece o título de "paizão do ano". Linda tudo que escreveu, metáforas perfeitas que nos remetem à realidade. Realmente esse é um momento mágico, mas imagina quando esse pequeno serzinho vier ao mundo..aí é pra valer, chegar, acontecer, brilhar e encantar.
Parabéns aos papais, que esse momeento seja apenas o início de uma vida toda de felicidade!!!

Cristiane disse...

Meu irmao vai ser um paizao,sem duvidas!!!!amo vcs!

Related Posts with Thumbnails