16 de abr de 2010

Os legumes do bebê


A importância dos legumes no regime do bebê no seu primeiro ano de vida merece um esclarecimento às mães, localizando no exato lugar o seu valor e a maneira de dá-los ao bebê. Por legumes, de modo genérico, se entende diversos tipos de alimentos de origem variada; assim, a batata é um tubérculo, a cenoura é ujma raiz e a abóbora é um fruto. De modo geral dá-se o nome de verduras às folhas e o de legumes aos outros, entre os quais os citados, das mais varidas origens. Do ponto de vista prático, podemos admitir como legumes tanto os verdadeiros quanto as folhas.
Os legumes, também chamados vegetais, têm valor calórico; entretanto, possuem boa dose de sais minerais e vitaminas, além da sua estrutura em celulose, sobretudo os folhosos verdes, elemento que facilita o movimento dos intestinos, evitando a prisão de ventre. No prepado dos legumes, podemos partir do preparo dos purês, e temos os três tipos clássicos: o purê branco, feito com batatas; os purês amarelos, feitos com abóbora e cenoura; e, por fim, os purês verdes, feito com espinafre e caruru, e até com couve picada. Use legumes puros; os adicinados a cremes ou acrescidos de açúcar têm alto valor calórico, mas um menor valor nutritivo de sais minerais e vitaminas.


CONSELHOS PARA CONSERVAR OS VEGETAIS RICOS EM VITAMINAS B e C  
a) lave-os bem, vigorosamente, não os deixe de molho;
b) guarde-os no refrigerador tão logo quanto possível, preferivelmente em sacos plásticos;
c) tire a casca ou pele quando necessário, não esquecendo que as vitaminas e os sais minerais estão neles;
d) não tire as folhas de vegetais tais como brócolis e a couve-flor, antes de usá-los;
e) coma-os logo depois de serem cozidos;
f) de preferência, sempre que possível, os vegetais devem ser comidos crus;
g) cozinhe os legumes no vapor, ou usando pouca água, a menor quatidade possivel, para evitar a perda de vitamina B e C.

Dr. Rinaldo de Lamare. A vida do Bebê

Gente, essas dicas são muito boas, na verdade deveríamos incluir muito mais verduras, legumes e frutas em nossa alimentação, mas com a correria do dia-a-dia fica difícil mesmo. Mas, nossos pequenos merecem uma alimentação de qualidade não é mesmo?

Bem, já já eu volto!
Beijokas
Naty

4 comentários:

Thaís disse...

oi naty, parabéns por esta fase maravilhosa e plena que está vivendo.....felicidades pra vc e seu bebê...bjs
Thaís

Vilma Goulart disse...

Oi, Naty,

É a Vilma, do Blog INFORMAÇÃO DE PRIMEIRA. Tudo bem?

Pois então...vim visitar o teu blog também. (rss)

Super bonitinho! Uma graça! Adorei.

Imagino a tua felicidade sendo mãe. Eu não sou mãe, pois confesso que apesar de gostar de criança (tenho dois afilhados muito queridos,um de três anos, que é meu sobrinho, e outro bem mais velho, de 19 anos), sou daquelas que não sente falta de ser mãe, pois já exerce seu lado maternal com os entes queridos. Sei que não é a mesma coisa, mas sou feliz do mesmo jeito. ;o)

No entanto, sei que a experiência de ser mãe é algo maravilhoso, que muda a vida da pessoa. Por isso, mesmo sem te conhecer, fico feliz por ti, por ver nos teus posts a felicidade em que estás neste momento.

Que a tua pequenininha te traga ainda mais felicidade do que a que já tens, viu!

Um grande beijo, Naty!

♥ Carine Calé ♥ disse...

Oi Naty,

Concordo com vc, uma delícia este post viu?!!!!

Beijinhosss

Daiane disse...

Oi minha linda,
estou ansiosa para ler a sua frase, rsrsrs.
E não esqueci de vc não, logo logo eu te mando o e-mail tá....Agora as coisas estão um pouco corridas, mas ainda essa semana eu te mando.
Beijos
*Daiane

Related Posts with Thumbnails